Conhecendo Siem Reap – Camboja

Já cheguei em Siem Reap com o pé esquerdo. Uma viagem horrível da fronteira entre Laos e Camboja, em um ônibus velho e nada confortável. Para completar eu não me sentia muito bem.

Chegando a Siem Reap e os tuk tuks

Chegamos a Siem Reap 1 da manhã cansados e mutilados pela viagem. O ônibus parou e quando íamos descendo milhões de motoristas de tuk tuk começaram a pular em cima da gente. Não tinha energia para entender o que estava acontecendo. Todos eles brigando por um cliente. Pegamos um que parecia ser simpático, mas já tínhamos aprendido que eles são todos suspeitos.

Ele nos cobrou $2 até o centro e rodou a madrugada com a gente até achar um ATM aberto. Chegando no guesthouse ele nos ajudou até o quarto e tudo estava muito bom para ser verdade. Foi quando ele nos disse que geralmente as pessoas fazem seus passeios para os templos de Angkor com o mesmo tuk tuk e nos deu o preço dele para 3 dias: $80. Já não gostei, sabíamos que era caríssimo e dissemos: “Não! Muito obrigada.” Ele pediu nosso preço. Dissemos que íamos pesquisar e amanhã dizíamos já que não íamos começar no outro dia já que eu estava mal.

Conhecendo Siem Reap

No outro dia andamos e nos encantamos com a cidade de Siem Reap, mas não pude aproveitar muito, estava com febre e precisava ficar deitada. Precisava melhorar para visitar os famosos Templos de Angkor.

Confira aqui: Templos de Angkor Wat – primeiro dia

Caminhando por Siem Reap

Já no terceiro dia me sentia um pouco melhor e andamos bastante e almoçamos na Pub Street que é a rua mais movimentada. Comemos o Amok, hummm uma delícia. Combinamos com nosso tuk tuk de fazer tudo por $45 e já fomos para ver o por do sol e comprar os ingressos.

Muito lindo a subida, as ruínas e o sol se pondo, porém haviam milhões de pessoas. De noite fomos explorar todos os Night markets e andar pelas lindas ruas de Siem Reap.

Nos outros dois dias fomos aos templos de Angkor (mas isso é um capitulo a parte haha) e a noite íamos para as ruas e rodávamos até cansar. Foi uma delicia ficar lá, eu voltaria com certeza.

Veja também: Templos de Angkor Wat – segundo dia

Está procurando hotel para ficar em Siem Reap? O Booking.com tem acomodação que cabe no seu bolso e ainda você ajuda o blog. Reservando através do nosso link você não paga nada a mais por isso e uma pequena comissão é repassada para o blog.

Precisa de seguro? A nossa parceira Real Seguro de Viagem tem as melhores ofertas. Faça sua cotação com eles e se contratar o serviço através do nosso link nos ajudará a manter o blog sempre atualizado.

Seguro viagem geral 728x90

Curta nossa página no Facebook, siga o nosso Twitter e Instagram para ficar por dentro de todas as novidades. Estou também no Snapchat (likewanderlust), me adiciona lá.

Gostou desse artigo? Compartilha! Comenta!

Tem alguma pergunta ou quer dividir sua história? Seu lugar é aqui.