Koh Rong: o paraíso em Camboja

Sabe a imagem que as pessoas tem de paraíso: areias brancas e praia azul da cor do céu. Assim eram as imagens que vimos na internet de Koh Rong. Porém as fotos as vezes engana, mesmo assim  ficamos tentados a ir a essa ilha. Queria ver com meus próprios olhos.

Um amigo já havia indicado essa ilha, mas não tínhamos certeza se teríamos tempo. Caminhando por Sihanoukville vimos uma foto na parede de uma agência. Foi amor a primeira vista. Fizemos a reserva para ir no Party boat por 20 dólares e incluía ida e volta com almoço e bebida. Escolhemos o The Beach resort, um bungalow com banheiro compartido e que fica na frente da praia, menos de 10 metros da água. Ficamos um pouco com medo de ser uma ilha super lotada e turística (estilo Tailândia).

Lá fomos nós. O barco foi um encanto, ficamos do lado de fora tomando sol, nos serviram um café da manhã gostoso. Paramos em frente a uma ilha e mergulhamos, e os mais corajosos pularam do terceiro piso do barco. Depois almoço e muitas frutas.

Quando chegamos na ilha não acreditávamos que era mais lindo do que as fotos. A água limpa e transparente, a areia branca e o bungalow exatamente na frente da água. Deixamos nossas coisas e não perdemos tempo, logo pulamos na água e nadamos. Caminhamos até o final da praia…um paraíso. Lindo demais.

Não há palavras para descrever a sensação de estar lá, era como um sonho. Havia superado tudo. Nessa parte da ilha haviam 3 resorts, um bem longe do outro. Ficamos com medo de que a comida fosse caríssima, afinal estávamos no meio do nada e eles podiam cobrar o que quisessem que não tínhamos opção para comprar comida ou ir a um restaurante. Mas no final o preço era razoável e a comida boa.

Ficamos 3 dias apaixonados pelo lugar. Em uma tarde fomos explorar a ilha e no meio da selva virgem havia um pequeno caminho, fomos andando e andando e chegamos do outro lado. Era uma praia bonita, estilo Sihanoukville, mas nada comparado com o nosso paraíso. Tentamos achar mais caminhos, porém não encontramos mais nada além de árvores por todos os lados.

Voltamos e a cada vez que olhava a praia novamente me apaixonava. Era uma pena que uma parte da praia estava com muito lixo na areia. Me dava vontade de chorar em pensar que as pessoas vinham para um lugar tão lindo e virgem, e simplesmente jogavam o lixo no chão. É triste pensar que daqui a alguns anos esse lugar estará cheio de turistas e super poluído. Mas não é hora de pensar nisso, e sim de aproveitar a água.

Na hora de ir embora nos deu uma tristeza, queríamos ficar mais, não queria ir embora. Mas o Vietnã nos espera e infelizmente nós tínhamos que ir.

Está procurando hotel para ficar em Koh Rong? O Booking.com tem acomodação que cabe no seu bolso e ainda você ajuda o blog. Reservando através do nosso link você não paga nada a mais por isso e uma pequena comissão é repassada para o blog.

Precisa de seguro? A nossa parceira Real Seguro de Viagem tem as melhores ofertas. Faça sua cotação com eles e se contratar o serviço através do nosso link nos ajudará a manter o blog sempre atualizado.

Seguro viagem geral 728x90

Curta nossa página no Facebook, siga o nosso Twitter e Instagram para ficar por dentro de todas as novidades. Estou também no Snapchat (likewanderlust), me adiciona lá.

Gostou desse artigo? Compartilha! Comenta!

Leave a Reply

Close