Minha história de amor por Buenos Aires Argentina

Quando era pequena, era apaixonada pela telenovela Chiquititas que passava no SBT. Cantava as músicas, tinha a roupa igual a das personagens e viajava com as cenas externas. Sempre falava para meu pai que ia visitar esse lugar, e ele me dizia que eu ia ter que ir para a Argentina. Ai nasceu meu amor por Buenos Aires.

Não tinha ideia de onde ficava essa cidade, mas sabia que um dia eu iria ai. Ao passar dos anos, por ironia do destino, me apaixonei por um argentino cordobes que me convidou para passar 5 dias em Buenos Aires.

Minha história de amor por Buenos Aires

Estávamos em Córdoba, escolhemos a data e compramos a passagem de ônibus que custa em média $700 pesos (Fev.2016). Os ônibus são muito confortáveis, a viagem dura em média de 8h e meia.

Avenida 9 de julho – Buenos Aires

Quer saber como chegar em Buenos Aires? Entre aqui

Saímos de noite de Córdoba para chegar em Buenos Aires de manhã cedo, não queríamos perder tempo, fomos direto fazer nosso check in e deixar as coisas. Escolhemos o hostel Che Lagarto por sua localização cêntrica, por ser perto das principais atrações e claro pela economia.

Dia 1

Primeiro destino o bairro Montserrat, que é o centrinho. Passeamos ao redor da Plaza de Mayo, tiramos foto na casa Rosada, visitamos a imponente Catedral Metropolitana e fomos caminhando para San Telmo, bairro boêmio.

Não sei se era o bairro, as pessoas, os prédios antigos, as coisas que vendiam ou a minha expectativa por essa cidade, mas a cada passo que dava meu amor por Buenos Aires apenas aumentava.

Boate e casa de show Rey Castro – San Telmo

Um promotor de uma agência nos parou na rua e conversa vai e conversa vem, nos convenceu a comprar com ele um city tour, um passeio por Tigre e uma noite de tango. Se você quer explorar a cidade bem a vontade eu recomendo ou fazer tudo caminhando, ou ir em um ônibus turístico. Ou se quiser um tour privado deve ser bem legal. Seja qual for sua escolha da uma olha nas opções aqui.

Nosso tour nos levou pelo Congresso Nacional, teatro Colón e fomos para o famoso estádio do Boca. Passamos por la bem rápido e depois o tour nos levou para o Caminito. Tão lindo e charmoso, tudo que eu sonhava em conhecer, uma pena que não pudemos passar muito tempo e aproveitar o que queríamos. No fim da tarde vimos o por do sol em Puerto Madero e visitamos o barco museu Buque Museu Fragata Sarmiento. Vale a pena a visita, passeamos por todos os setores do barco e pagamos apenas $2 pesos pela visita. Muito legal!

Dia 2

No segundo dia, fizemos nossa excursão pelo Tigre pela manhã(que é um capítulo a parte). Quando voltamos queríamos passear mais, fomos caminhando até o Cemitério da Recoleta. Parece estranho ir visitar um cemitério como ponto turístico, mas acredite se quiser, fica lotado. Ao chegar me espantei quando recebi um mapa do lugar, não tinha ideia da dimensão do lugar. A medida que caminhávamos, ia mergulhando na história Argentina, meu marido (namorado na época) ia me contando quem eram as pessoas por trás das lápides e túmulos luxuosos. Tivemos dificuldade em encontrar Evita Peron, seu túmulo era simples considerando a importância que ela tem para o país.

Saiba mais sobre esse guia de Buenos Aires com roteiro de 4 dias.

Andamos pelas ruas da Recoleta e fomos a caminho do Obelisco. Estava tendo uma grande manifestação ali na frente, tiramos foto e fomos explorar as ruas ali em volta desse monumento, especialmente a avenida 9 de julho a mais larga do mundo.

Dia 3

Começamos o dia passeando pela Rua Florida ate a Galerias Pacifico, um dos shoppings mais famosos e frequentados em Buenos Aires. Ao entrar fui impactada pela beleza, cada detalhe, especialmente o teto que é lindíssimo.

De lá fomos para o Teatro Colón para uma visita guiada. Chegamos com antecedência e ficamos em uma sala de espera. O valor da entrada foi um pouco caro, mas mesmo assim valeu a pena. Conhecemos um pouco sobre a história do teatro e fomos passando de sala em sala até chegar na sala principal: uau não tinha palavras para descrever a beleza do lugar. Que lindo! Entramos silenciosamente pois havia um ensaio.

♦ Dica: compre com antecedência o ingresso para as visitas guiadas,  ja que é bem concorrido. As entradas custam $180 pesos (Fev. 2016) e podem ser compradas online no site do Teatro ou na bilheteria do local que fica na Rua Tucuman, n° 1171.

Pela tarde, fomos ao Jardim Japonês, que fica localizado no bairro de Palermo. Ao entrar fomos transportados da Argentina para o Japão, um jardim calmo e com muita cultura japonesa. Além de muito verde, a estrutura conta com restaurante japonês, Viveiro Kadan com muitos bonsais, loja de souvenirs, El Chashitsu (Casa de chá onde as pessoas podem vivenciar uma tradicional cerimonia do chá), sala de leitura com livros sobre a cultura japonesa e visitas guiadas para grupos que façam a reserva anteriormente por e-mail. O jardim esta aberto todos os dias de 10h às 18h e a entrada geral custa $70 pesos (Fev.2016) – Menores de 12 anos não pagam (tem que mostrar um documento com foto e estar acompanhado de um maior). Mais informações no site oficial: http://www.jardinjapones.org.ar

Jardim Japones

E finalmente chegou a nossa noite do Tango. Me arrumei como manda o figurino e aproveitamos uma noite lindíssima, para não falar perfeita, no Madeiro Tango (outro capitulo a parte).

Madero Tango

Dia 4

Nos arrependemos tanto de ter feito o city tour que queríamos visitar tudo de novo, bateu uma loucura na gente e fomos caminhando até o bairro La Boca (não recomendo por ser um bairro perigoso onde muitos turistas já foram assaltados, a diferença e que eu boba e apaixonada seguia meu argentino para onde fosse. Meses depois ele me comentou que não era uma boa ideia fazer o que fizemos). Estavámos loucos para conhecer La Bombonera, fizemos o estadio tour + museu e pagamos mais barato por “sermos” argentinos. Os valores atuais são: Museu $115 pesos, Visita Express + Museu $130 pesos e Estadio tour + Museu $150 pesos (Fev.2016).

O Museu Boquense é bem interessante e informativo, contém muita história desse grande time argentino (essa é para você Topo). A visita pelo estádio é incrível e o guia nos contou tantas curiosidades sobre a estrutura do estádio, valeu a pena.

La Bombonera

Ao sair do estádio voltamos caminhando para o centro (30 min) e aproveitamos um delicioso café no super conhecido Café Tortoni. O menu é caro, mas vale a pena a visita. Encontramos até com um ator americano que faz esses seriados de ação que passam de madrugada na Globo.

Dia 5

Foi a hora de se despedir de Buenos Aires, passeamos um pouco até a hora de ir ao nosso ônibus que nos levava de volta a Córdoba.

Avenida 9 de Julho
Nossa viagem foi de 19/12/2011 a 23/11/2011. Todos os preços 
foram atualizados em 29/02/2016. Esse foi o nosso roteiro: 
confuso e perdido. Fizemos toda a cidade caminhando e poucas 
vezes em metrô. Todos os lugares que visitamos poderiam ter 
sido mais organizados e com certeza teríamos aproveitamos 
mais a cidade. Veja aqui o roteiro que eu queria ter feito 
(baseado na minha experiência), 3 dias em Buenos Aires
Compre aqui o guia de Buenos Aires

 

Para planejar melhor a sua viagem para Buenos Aires que tal comprar um livro digital com um roteiro completo da cidade, melhores atrações e muito mais. E tudo isso por apenas R$22,90. Ta esperando o que? Adquira sua copia agora mesmo aqui.

 

 

 

 

Quer ler mais artigos sobre Buenos Aires? Entre aqui.

Está procurando hotel para suas férias? O Booking.com tem acomodação que cabe no seu bolso e ainda você ajuda o blog. Reservando através do nosso link você não paga nada a mais por isso e uma pequena comissão é repassada para o blog para seguir o sonho de trabalhar com esse meio.



Booking.com

Precisa de seguro? A nossa parceira Seguros Promo tem as melhores ofertas. Faça sua cotação com eles e se contratar o serviço através do nosso link nos ajudará a manter o blog sempre atualizado.

Curta nossa página no Facebook, siga o nosso Twitter e Instagram para ficar por dentro de todas as novidades. Estou também no Snapchat (likewanderlust), me adiciona lá.

Gostou de “Minha história de amor por Buenos Aires Argentina”? Compartilha! Comenta!

Salve esse post no Pinterest. Pin, Pin, Pin…

18 Comentários

  1. Pedro Henriques 18 de agosto de 2016 at 00:39

    Buenos Aires é das cidades sulamericanas que há muito desejo conhecer. Obrigado por este roteiro tão detalhado que irei utilizar caso decida viajar até este belo destino!

    1. Giulia Sampogna 18 de agosto de 2016 at 19:35

      Pedro espero que possa ir para Buenos Aires logo. Abraços.

  2. Martinha Andersen 15 de agosto de 2016 at 19:11

    Ahhhh Buenos Aires querida! Acho que todo mundo ama esta cidade.. e se não ama é porque ainda não a conhece. O seu roteiro está perfeito para quem a visita pela primeira vez, ou segunda, terceira….
    Beijo =)

    1. Giulia Sampogna 15 de agosto de 2016 at 19:26

      Verdade. Impossível não amar. Obrigada!

  3. Itamar Japa 15 de agosto de 2016 at 12:28

    Mi Buenos Aires Querido!!! Foi a primeira viagem internacional que fiz… Acredito que lá que fui picado pelo mosquitinho viajero… De lá pra cá não parei mais! 🙂 Me encanta Buenos Aires!

    1. Giulia Sampogna 15 de agosto de 2016 at 19:27

      Todo mundo ama essa cidade. Obrigada.

  4. Viaje Comigo 15 de agosto de 2016 at 05:40

    Ótimas dicas que vou para quando for a Buenos Aires 😀 Aquela imagem do jardim japonês é linda, muito verde e transmite muita paz! Boas viagens!

    1. Giulia Sampogna 15 de agosto de 2016 at 19:28

      Realmente o Jardim Japonês transmite muita paz. Obrigada pelo comentário.

  5. João Leitão 15 de agosto de 2016 at 03:49

    Buenos Aires é uma cidade fascinante. Tem de tudo um pouco. Gostei de ter visitado mas sem dúvida que não foi o meu lugar preferido da Argentina, pois preferi muito mais o sul – a Patagónia. Excelente roteiro de BA! ahhhhh você foi à La Bombonera, eu quase fui, mas depois deixei para outro dia e acabei por não ir…

    1. Giulia Sampogna 15 de agosto de 2016 at 19:30

      João, realmente a Patagônia é impressionante. Fui para la na minha lua de mel e foi tao lindo!! Mas Buenos Aires tem esse charme que conquista qualquer um ne?! Obrigada pelo comentário.

  6. Camila Salgueiro 14 de agosto de 2016 at 21:50

    Olá Giulia, Buenos Aires é um destino queridinho dos brasileiros né? Com certeza não é a toa! 🙂
    Ótimo que você usou a sua experiencia um pouco confusa para montar um roteiro perfeitinho pela cidade!

    1. Giulia Sampogna 15 de agosto de 2016 at 19:36

      Pois é Camila, sempre acontece quando não temos experiencia de viagem. Pelo menos assim posso ajudar outras pessoas. Obrigada pelo comentário.

  7. Marlene Marques 14 de agosto de 2016 at 21:42

    Argentina dever ser um país super interessante. Tenho um verdadeiro fascínio pelo tango e dança-lo com um profissional em Buenos Aires deve ser um sonho Quem sabe um dia… Parabéns pelas boas dicas que dás neste artigo. Certamente a ter em conta numa visita.

    1. Giulia Sampogna 15 de agosto de 2016 at 19:37

      Quem sabe em uma próxima Marlene. Obrigada pelo comentário.

  8. Sónia justo 14 de agosto de 2016 at 17:35

    Que máximo realizar um sonho de infância 😊 Eu também já realizei alguns e sei como é maravilhoso. Não conheço a argentina mas um dos sonhos que tenho é de dançar tango lá 😊

    1. Giulia Sampogna 15 de agosto de 2016 at 19:38

      Os sonhos de infância são os mais importantes e gratificantes de se realizar. Espero que consiga ir dançar Tango em Buenos Aires, é magico. Obrigada pelo comentário.

  9. Francisco Agostinho 14 de agosto de 2016 at 17:30

    Apesar de não planeado parece-me um roteiro muito interessante, às vezes é melhor não sabermos tudo…podemos ser assaltados onde menos esperamos.
    Obrigado pelas dicas

    1. Giulia Sampogna 15 de agosto de 2016 at 19:39

      Obrigada pelo comentário Francisco. 🙂

Tem alguma pergunta ou quer dividir sua história? Seu lugar é aqui.