Como ir de Bruxelas para Bruges?

Não há quem visite a Bélgica que não queira conhecer a charmosa Bruges. A aproximadamente 100 km de Bruxelas, muitos turistas optam por passar o dia na linda cidade medieval. Veja aqui como ir de Bruxelas para Bruges. 

Melhor opção para ir para Bruges é de trem

Seja para passar o dia ou ficar por lá, não há muito segredo, a melhor forma de ir de uma cidade a outra é de trem. Aos aventureiros que estão viajando de carro, de acordo com alguns amigos belgas, a rodovia é ótima e de fácil acesso. Coloque o trajeto no seu telefone ou GPS e vá sem medo.

Como ir de Bruxelas para Bruges de trem?

Há quatro estações de trem que saem de Bruxelas para Bruges sendo elas: Norte, Central, Midi e Aeroporto. Se você já estiver na cidade, averigue qual das três primeiras ficam mais perto da sua hospedagem. Porém se você chega no aeroporto e quer ir direto para Bruges, como foi o meu caso, poderá pegar um trem na estação que fica no subsolo do aeroporto Zaventem. 

Estação de trem no subsolo do aeroporto de Bruxelas

Passagens

Para comprar as passagens basta ir a qualquer guichê localizado nas estações de trem e pedir uma passagem para Bruges. Como eu ia passar alguns dias nessa linda cidade, comprei minha passagem direto do aeroporto e me custou €20,80 (Novembro 2016). Na volta paguei menos: €14,30 (Novembro 2016). A passagem emitida não tem horário apenas a data, o que significa que você pode pegar qualquer um dos diversos trens regulares que vão naquela direção. Não necessariamente os trens estão indo para a cidade de Bruges, há vários que vão para outras cidades e param lá no caminho. Então fique atento! 

Passagem de trem do aeroporto de Bruxelas a Bruges

Se quiser economizar compre as passagens online com MUITA antecedência. Li em um blog que saia mais em conta e procurei com um mês de antecedência e os valores eram mais caros do que paguei lá na hora. Mas deve existir essa opção.

Como acho meu trem? 

Não é tão difícil, apenas questão de entender como funciona o sistema ferroviário. Confesso que para mim foi bem confuso, mas no penúltimo dia eu entendi como funcionava. 

Minha cara de felicidade ao entender como funcionava os trens na Bélgica. Pena que foi no final.

Se for para Bruges a partir do aeroporto, fique de olho na tela e saia perguntando. Eu e meu marido ficamos perdidos até que um senhor que trabalhava lá nos ajudou. Saindo da estação Midi, por exemplo, há diversas telas informativas antes da subida para a plataforma e um guichê de informação no meio da estação. Os trens são pontuais, em caso que não chegue a tempo apenas relaxe e procure o próximo trem.


Como são os trens? 

Como a maioria dos trens na Europa, eles são confortáveis e limpos. Os assentos sãos divididos entre quatro ou dois. Em cima há espaço para colocar pequenos objetos, mas não as malas. Para isso nós sentamos em quatro assentos e tivemos bastante espaço para acomodar tudo. A viagem dura um pouco mais que uma hora, relaxamos e curtimos a paisagem.

Dentro do trem


Chegando em Bruges

Nossa maior preocupação era saber onde descer. Ficamos atentos com todas as paradas e vigiando o horário. Ao chegar o maquinista anunciou em seu idioma e foi fácil perceber o nome da cidade no meio da frase. A estação fica a uns quinze minutos do centro e para quem for passar o dia já vai conhecendo a cidade no caminho. Eu estava com malas e chovia, optei por um táxi que me levasse para o meu hotel. A corrida saiu por €10 e não demorou nem cinco minutos. 

Fachada da Estação de Trem de Bruges

Quer mais dicas de Bruges? Entre aqui

Está procurando hotel para ficar em Bruges? O Booking.com tem acomodação que cabe no seu bolso e ainda você ajuda o blog. Reservando através do nosso link você não paga nada a mais por isso e uma pequena comissão é repassada para o blog para seguir o sonho de trabalhar com esse meio.

Precisa de seguro? A nossa parceira Real Seguro de Viagem tem as melhores ofertas. Faça sua cotação com eles e se contratar o serviço através do nosso link nos ajudará a manter o blog sempre atualizado.

Seguro viagem geral 728x90

Curta nossa página no Facebook, siga o nosso Twitter e Instagram para ficar por dentro de todas as novidades. Estou também no Snapchat (likewanderlust), me adiciona lá.

Gostou desse artigo? Compartilha! Comenta!

23 Comentários

  1. Raquel 17 de setembro de 2017 at 06:08

    Boa tarde, Giulia! Vc sabe qual a frequência de hotario do trem do Aeroporto de bruxelas pra brugges!? Não é cobrado mala? E fácil achar a estação do trem no aeroporto ? Obrigada Raquel

    1. Giulia Sampogna 17 de setembro de 2017 at 09:13

      Oi Raquel quando fui a frequência era de 20 minutos, não cobravam mala não. E é bem fácil achar a estação de trem. Vai descendo até chegar no térreo. Lá terá um guichê e é só dizer para onde vai e pronto. Se precisar de mais alguma dica me avisa. Abraços.

  2. Anelise 5 de Janeiro de 2017 at 09:58

    Olá, estou indo essa semana para Bruges, porém vou fazer o contrário, preciso pegar um trem q vá direto para o aeroporto de Bruxelas, o q vc m indica?

    1. Giulia Sampogna 6 de Janeiro de 2017 at 22:19

      Olá Anelise, tudo bem? Os trens fazem o trajeto nos dois sentidos. Se você for de Bruges para Bruxelas e quer ir direto para o aeroporto, sem problemas. Quando for comprar seu tições apenas avise que vai para o aeroporto e sairá um pouco mais caro. A estação depois de Bruxelas Norte é a do aeroporto. Me avise se posso te ajudar em algo mais. Aproveite!

  3. Isabela Bastos 20 de dezembro de 2016 at 19:47

    Adoro viajar de trem pela Europa!
    Bruxelas e Bruges são cidades lindas e incríveis!! Só consigo pensar naqueles doces maravilhosos e nas feirinhas de Natal rsrs

    1. Giulia Sampogna 21 de dezembro de 2016 at 20:36

      Realmente as duas são lindas mesmo! Tive a sorte de ver o mercado de Natal. Amei. Obrigada pelo comentário.

  4. angela sant anna 19 de dezembro de 2016 at 23:19

    comprar com antecedencia: dica valiosa!! e sei bem como é pegar esses trem que não param direito na cidade e vc não entende nada da lingua…dá até um mini heart attack, imagina se passa!!! fuuuu

    1. Giulia Sampogna 21 de dezembro de 2016 at 22:33

      Verdade Angela, sempre atentos! Obrigada pelo comentário.

  5. Ana Carolina Miranda 19 de dezembro de 2016 at 09:37

    Gostei muito de saber como chegar em Burges, valeu pelas dicas.

  6. Itamar Japa 18 de dezembro de 2016 at 23:31

    Excelentes dicas! Se um dia for até Bruxelas já sei exatamente como fazer par ir a Bruges. Obrigado pelas dicas.

    1. Giulia Sampogna 23 de dezembro de 2016 at 17:19

      Que bom que gostou das dicas. Obrigada pelo comentário.

  7. Marta Chan 18 de dezembro de 2016 at 23:30

    Adorei Bruges, que bonita surpresa 💜 nos viajamos a belgica sempre de carona, é tao facil e comoda que nem pensamos em transportes. Normalmente ficamos no maximo 10 minutos a espera, pois eles têm uma cultura de hitch hiking bem.vincada entao é super facil. Comodo porque iamos as horas que queriamos, sem.ter de ir a estação de transportes. E claro, super económico 😁.

    Viver a Viajar

    1. Giulia Sampogna 23 de dezembro de 2016 at 17:29

      Que experiência legal! Não sabia que era fácil pegar carona. Obrigada pelo comentário.

  8. Mirella Matthiesen 18 de dezembro de 2016 at 10:08

    Muito bacana o post, bem explicadinho para ajudar quem vai passar por isso.
    E Bruges merece a visita, não é? Uma graça de cidade ….

    1. Giulia Sampogna 23 de dezembro de 2016 at 17:29

      Realmente merece a visita, lindo demais. Obrigada pelo comentário.

  9. Gê Azevedo 18 de dezembro de 2016 at 01:59

    Adoro viajar de trem. Posts assim são ótimos para descomplicar o processo. 😊

    1. Giulia Sampogna 23 de dezembro de 2016 at 17:30

      Viajar de trem é uma delicia, ainda mais com essa paisagem. Obrigada pelo comentário.

  10. Eloah Crisitna 18 de dezembro de 2016 at 01:08

    Nunca fiz uma viagem de trem! Experiência interessante. 🙂

    1. Giulia Sampogna 23 de dezembro de 2016 at 17:31

      Experimente um dia Eloah. Obrigada pelo comentário.

  11. Mariana Dutra 17 de dezembro de 2016 at 23:38

    Adoramos as dicas. Nos inspiraram para incluir Bruges em nosso próximo roteiro de viagem pela Europa – até lá, elas ficam salvas nos favoritos. 😉

    1. Giulia Sampogna 23 de dezembro de 2016 at 17:32

      Meus favoritos também estão assim, cheios de destinos de viagens. Obrigada pelo comentário.

  12. Fábio Junior Alves 17 de dezembro de 2016 at 22:56

    Uau que bacana esta trip, já anotei as dicas aqui, Bélgica está em nossos planos para 2017 e este post foi bem útil!

    1. Giulia Sampogna 23 de dezembro de 2016 at 17:32

      Que legal, espero que aproveitem bastante. Obrigada pelo comentário.

Tem alguma pergunta ou quer dividir sua história? Seu lugar é aqui.