Preciso de seguro para o Working Holiday Visa Austrália?

Toda semana eu recebo essa mesma pergunta: Eu preciso de seguro para o Working Holiday Visa Austrália? Vem comigo analisar os fatos. 

Working Holiday Visa Maker

Se você caiu aqui de pára-quedas e não tem ideia do que eu estou falando, o programa Working Holiday Visa Maker incentiva jovens de diferentes nacionalidades a vir trabalhar e curtir a Austrália. Existem duas categorias desse visto: Working Holiday Visa 417 e Work and Holiday Visa 462 (clique no nome de cada um deles para saber mais sobre o visto). 

Eu cheguei na Austrália anos atrás com esse visto e desde então venho ajudando milhares de brasileiros que tem dupla cidadania a aproveitar essa grande oportunidade. 

Preciso de seguro para o Working Holiday Visa Austrália? 

Todos os dias recebo muitas perguntas sobre o visto na minha página do Facebook, Instagram e e-mail. Muitas delas estão respondidas aqui, então se tiver dúvidas da uma olhadinha ali antes. Ou se quiser um material completo sobre o assunto que tal me dar uma forcinha e comprar o meu livro digital “Tudo Sobre o Working Holiday Visa“. Nele você encontrará tudo que precisa saber.

Essa questão de seguro é muito pessoal. Muitas pessoas podem achar essencial, outras podem querer arriscar, uns países têm acordo com a Austrália e outros não. Enfim é uma questão de cada um e que envolve muitos fatores. Não posso dizer a ninguém o que devem fazer ou não, ainda mais como especialista no visto. O que sim posso fazer é colocar os prós e contras de contratar um seguro para o Working Holiday Visa Austrália, e você decide, combinado? 

Minha cidadania tem acordo com o governo australiano?

Essa é a primeira coisa que você deve averiguar. Cada nacionalidade é diferente. A Itália por exemplo tem acordo com a Austrália pelos 6 primeiros meses. 

Os países das duas categorias que tem acordo com o governo australiano são: Bélgica, Finlândia, Itália, Malta, Holanda, Noruega, Irlanda, Eslovénia, Suécia e Reino Unido. 

Tendo a nacionalidade de algum desses países, você terá direito ao Medicare, sistema de saúde australiano. Porém para cada nacionalidade o período de cobertura é diferente. 

Se você for de: Finlândia, Noruega, Irlanda, Suécia e Reino Unido, o medicare é válido até o dia que seu visto termina. 

Já para quem tem nacionalidade da Bélgica, Holanda e Eslovénia, terminará na mesma data que o seu cartão de saúde Europeu. E por fim se você for da Itália ou Malta, terá acesso ao sistema de saúde australiano por 6 meses. 

Para os cidadãos dos países acima esse seguro para o Working Holiday Visa não acontece automaticamente. Você deverá procurar um escritório do medicare na cidade em que você esteja vivendo, levar seu passaporte e seu cartão do sistema de saúde do seu país. Eles emitirão um cartão onde você poderá usar em hospitais e na maioria dos médicos. Caso não tenha morado nesses países, pode tentar ir no hospital e mostrar seu passaporte. Eu fiz isso várias vezes e eles aceitaram, mas não é nada garantido.

Para mais informações, esse é o site oficial: https://www.humanservices.gov.au/individuals/enablers/rhca-health-care-visitors-australia

O seguro médico é obrigatório?

Ao contrário do visto de estudante, o seguro para o Working Holiday Visa Austrália não é obrigatório. A imigração diz em seu site oficial que cada um é responsável pelos custos e gastos em relação a saúde (exceto os listados acima). Então ninguém precisa chegar na Austrália com o seguro organizado. Se o seu país não tem nenhum acordo com a Austrália você deverá colocar na balança se quer fazer um seguro ou não. 

Quando respondo para as pessoas que essa pergunta é muito pessoal e que depende de cada um, sempre me respondem de volta: “mas você fez seguro para o Working Holiday Visa?”. 

Minha experiência

Se você é novo por aqui não deve saber (se você já sabe minha história, aguenta aí), mas quando eu vim para a Austrália não havia nenhuma informação sobre esse visto e uma agência me fez pagar tudo normalmente como se eu fosse estudante. Então a resposta é sim, eu vim com seguro. A duração do meu era de 6 meses e claro, um dos mais caros da época (eu caia em tudo que os agentes me falavam). Eu não tinha ideia de que a Itália tinha acordo com o governo australiano, quando fui saber já tinham passado os meus 6 meses, ou seja perdi a chance. 

Eu não queria gastar dinheiro com seguro, então não fiz não. Passei os meus outros 1 ano e meio sem seguro. Não foi nada proposital ou pensado, apenas acabei esquecendo. E tive a sorte de ter Deus do meu lado que não deixou que nada acontecesse comigo. Vários amigos tiveram problemas sérios e precisaram de pagar uma pequena fortuna para cuidar de sua saúde. 

Leia também: Lançamento do Livro Tudo Sobre Working Holiday Visa Austrália

Meu marido assim como eu, não fez seguro. Quando um dia seu amigo brincando jogou uma batata doce nele e fraturou a sua mão. Isso mesmo, uma bobeira que acabou machucando ele seriamente. Cabeça dura, ele não quis pagar o médico e acabou ficando com o dedo torto. Calma gente, não quero assustar ninguém, apenas relatar que coisas sim podem acontecer.

Eu, meu marido e um grupo de amigos estávamos na frente do hostel  conversando depois de uma semana pesada trabalhando nas fazendas. Do nada vieram três australianos (racistas) e deram um soco na boca de dois dos meus amigos. Um desmaiou e o outro perdeu o dente. Não entendemos nada e os caras saíram correndo antes de entendermos o que estava acontecendo (preciso escrever um post sobre os perrengues que passamos com racismo, tenso. Cadastre-se aí embaixo para ser o primeiro a receber as dicas de Working Holiday Visa). Íamos chamar a ambulância, porém custaria a eles $700 dólares. Isso mesmo. Se você chamar a ambulância na Austrália e não tiver seguro você deverá pagar esse valor. Chamamos um táxi e levamos os meninos no hospital. O que perdeu o dente teve que pagar $1000 dólares e o outro $80 pela consulta. 

Ponto positivo

Na minha opinião vale a pena fazer um seguro pelo simples fato de ter tranquilidade de saber que se qualquer coisa acontecer com você, não deverá gastar a maior grana com gastos hospitalares.

Ponto Negativo

O primeiro fator contra é o investimento. Se você está vindo para a Austrália e apertado em relação a dinheiro isso pode ser um fator contra. Os seguros custam uma média de $900 dólares por ano. 

Outro ponto negativo é caso passe algo com você e tenha que pagar por esses valores do seu bolso. Para aqueles que tenham qualquer doença crônica por exemplo, não convém pagar médico separadamente.

Então o que eu faço?

Todas as pessoas que eu dei dicas eu deixo a opção aberta, vai de cada um. Muitos dos que dei consultoria, realmente queriam um seguro e eu indiquei a empresa que eu tenho seguro. Não tenho nenhum relacionamento, parceria ou coisa do tipo com eles. Apenas uso essa empresa a mais de 4 anos e nunca tive nenhum problema. Para o meu visto de estudante eu fiz com o Nib e eles têm parceria com a Iman que oferece seguro para o Working Holiday Visa Austrália. 

Vi no site deles que eles oferecem diversos planos diferentes. O mais econômico custa mais ou menos $907 e cobre apenas hospital e ambulância. Para quem quiser consulta médica também sai uma média de $1.274 e cobre ambulância, hospital e consulta médica com clínico geral. Esses dois planos são os mais econômicos, os outros já não valem tanto a pena. 

Já com a Seguros Promo você pode comparar grandes empresas que cobrem tudo, são mais completas e dividem o valor em real. Fiz uma comparação agora e por um ano sairia por $1600 incluindo hospital, dentista, ajuda em caso de morte, atraso de voo, localização de bagagem, assistência jurídica, seguro de morte, seguro de invalidez e por aí vai. Essa empresa sim é parceira do blog, ao entrar no meu link uma pequena comissão é repassada para mim caso você decida fechar com eles. 

Seja qual for a sua escolha, você sabe o que será melhor para você. A decisão é sua. 

Quer ler mais sobre o Working Holiday Visa? Clique aqui

Tudo Sobre Working Holiday Visa Austrália

Para ajudar milhares de pessoas que buscam informações sobre o Working Holiday Visa pensei em criar um e-book. Um arquivo prático que os viajantes pudessem levar para todos os lados. Passei horas, dias e semanas escrevendo esse material. Nele você encontrará:

☑️ Informações em português sobre o visto
☑️ Preparativos para chegar na Austrália
☑️ Dicas úteis para sua chegada, passar pela imigração, achar acomodação e mais
☑️ Como achar emprego, sites úteis, como se comportar em uma entrevista
☑️ Trabalhar nas fazendas australiana
☑️ Morar em um hostel
☑️ tudo sobre o Second Working Holiday Visa
☑️ taxas e superannuation
☑️ e muito mais.

Valor: $25 dólares (você pode comprar em reais e ainda parcelar 3 vezes). Melhor que isso impossível.

O e-book é fácil de ler e explicativo. Ele é vendido no Hotmart, que é uma plataforma segura que vende diversos produtos digitais. O pagamento poderá ser feito por cartões de crédito, boleto bancário ou pelo Paypal.

Compre nesse botão acima ou clicando aqui.

Assim que seu pagamento for confirmado, você receberá um link para baixar o arquivo em PDF. Super fácil! Está esperando o que? Adquira o seu já.

Está procurando hotel para suas férias? O Booking.com tem acomodação que cabe no seu bolso e ainda você ajuda o blog. Reservando através do nosso link você não paga nada a mais por isso e uma pequena comissão é repassada para o blog para seguir o sonho de trabalhar com esse meio.

Precisa de seguro? A nossa parceira Seguros Promo tem as melhores ofertas. Faça sua cotação com eles e se contratar o serviço através do nosso link nos ajudará a manter o blog sempre atualizado.

Curta nossa página no Facebook, siga o nosso Twitter e Instagram para ficar por dentro de todas as novidades. Estou também no Snapchat (likewanderlust), me adiciona lá.

Gostou de “Preciso de seguro para o Working Holiday Visa Austrália?” ou tem alguma pergunta? Compartilha! Comenta!

Tem alguma pergunta ou quer dividir sua história? Seu lugar é aqui.